segunda-feira, 11 de maio de 2009

Biomimicry urgente e vital

Existe uma percepção que a abordagem da engenharia para solucionar os problemas humanos isola o ser humano do ambiente natural. A nova onda que vale prestar mais atenção daqui para frente é a Biomimicry (do bios, que significa vida, e mimesis, que significa imitar). Janine Benyus, é famosa por batizar o termo "biomimicry" que como ela descreve, "... é uma metodologia prática para resolver problemas olhando a natureza.” Em outras palavras é uma disciplina do design que procura soluções criativas de sustentabilidade pela emulação de padrões e estratégias da natureza testados no tempo. A idéia central é que a Natureza, imaginativa por necessidade, já tem solucionado muitos dos problemas que estamos enfrentando nas diferentes áreas como: energia, produção de alimento, controle de clima, química não tóxica, transporte, embalagem, e muito mais.

Na prática temos visto que funciona através de uma inovação famosa, o Velcro. Uma iluminada descoberta de George de Mestral, que teve a curiosidade de observar como as sementes de cardos ficavam grudados na pele de seu cachorro ou/e nas meias ao andar pelo campo. Outro exemplo é que a fama de Michael Phelps ganhador absoluto de medalhas e recordes nas Olimpíadas de Beijing, é também graças à uma roupa de banho conhecida como "shark suit" da Speedo que imita os padrões da pele do tubarão, inventada e patenteada pela Biomimetician Fiona Fairhurst.

Benyus aponta que os investimentos neste tipo de pesquisa foram principalmente para os setores militar e aeroespacial até recentes anos. Ela afirma, que estudos nos banco de dados de patentes global, entre 1985 e 2005, invenções inspiradas em "biomimetics" aumentaram por um fator de 93. Vislumbro que os próximos líderes de projeto não serão mais engenheiros ou designers industriais senão Biomimeticias. Os modelos mentais devem mudar e os métodos de como procuramos por soluções e onde procuramos informação e inspiração também. As escolas de engenharia e biologia deverão se relacionar mais daqui para frente se desejarmos sustentabilidade e solucionar os problemas.