domingo, 10 de maio de 2009

Inovação : conceitos e modelos

Entender os conceitos e modelos teoricos por traz da inovação é uma questão fundamental, e acredito que é um tema onde devemos estar sempre atualizados. Existe uma série de modelos e frameworks que ajudam a ter um entendimento da amplitude e dinâmica desta função dentro das organizações. As teorias desenvolvidas em torno da inovação possuem várias perspectivas e todas elas ajudam ao tomador de decisão nos seus vários dilemas nas arenas da competitividade. Elas não podem ser entendidas como referência para as grandes empresas somente. Todos são envolvidos, pequenos, médios e grandes players. Somos influenciados e afetados pelos resultados das descontinuidades ou em outros casos pela disrupção de uma tecnologia ou modelo de negócio. O impacto e a natureza da inovação são assuntos relevantes para todos nós. É necessário ter muito cuidado com as falhas de julgamento provocadas pela falta de entendimento dos sinais de difícil percepção por traz das inovações e também provocada pela cultura da continuidade que impera nas organizações, que são o reflexo dos modelos mentais que se instalam com o tempo em cada organização. Por outro lado existe a sua disciplina irmã, que é a gestão de riscos. Cada gestor trata os riscos inerentes dentro de suas possibilidades. O empreendedor de forma natural gerencia esta questão, inovação vs. risco. O não entendimento do que é realmente inovação gera maior risco. Vale a lembrança e devemos estar sempre alertas. Mesmo em temos conturbados como os atuais não podemos deixar o tema de lado ou empurrar o que é realmente importante, como Peter Drucker nos ensinou e ao mesmo tempo, acho que nos alerta: “EXISTEM APENAS DUAS FUNÇÕES IMPORTANTES NOS NEGÓCIOS: MARKETING E INOVAÇÃO – TUDO O MAIS É CUSTO”.