sábado, 17 de outubro de 2015

Você pensa fora da caixa? Ok, mas pensar dentro da caixa tem vários benefícios...


Todos nós escutamos a todo momento pense fora da caixa, mas o que isso significa?
Significa não ter limites, restrições para pensar em uma solução. Essa é o principal conceito do brainstorm que é a técnica mais usada pelas pessoas e empresas.
Pode ser ótimo pensar inúmeras coisas sem restrição nenhuma mas a qualidade dessas ideias são boas?

Quando digo qualidade é no sentido de facilidade de implementar a ideia e o retorno ($$$) financeiro.




O que seria pensar dentro da caixa? Seria considerar tudo que está ao redor do que estamos pensando, vamos chamar de mundo fechado.
Vamos pensar em um lápis qual seria o mundo fechado dele?
- grafite
- madeira
- ponta do lápis
- papel
- usuário
Fiz um vídeo sobre o lápis, clique aqui para assistir: 




Se eu sou um fabricante de lápis, e eu conseguir mudar algo em algum desses componentes para produzir um lápis melhor, possivelmente terei mais facilidade para produzí-lo do que ficar pensando em dezenas de ideias que podem estar fora do meu domínio.
Como tenho 5 componentes para analisar eu vou pensar com muito mais profundidade neles do que analisar fora da caixa com infinitas possibilidades. Vamos ter que prestar atenção na disposição e espaço e no tempo, pensar nas suas funções e necessidades.
O mundo fechado desafia a nossa fixidez, um bom exemplo de “quebra” da fixidez é esse da imagem abaixo:

Dentro do mundo fechado conseguimos chegar a soluções que são inovadoras (diferentes do habitual) e simples, uma vez que são tomadas com base em elementos já existentes e conhecidos.
Pensar dentro da caixa é o conceito mais importante da metodologia SIT (Systematic Inventive Thinking) ou Pensamento Inventivo Sistemático.
A innoTools possui um curso de SIT em que você vai poder estudar os 5 templates usados para criar idéias dentro do mundo fechado. Para conhecer o curso acesse: innoTools

Bruno Cavalcante – innoTools é Engenheiro Eletrônico pela EEL – Escola de Engenharia de Lins. Sempre teve interesse em criatividade e inovação. Nos últimos anos tem estudado várias ferramentas de inovação sistemática e criatividade e criou dois Apps para iPad: BH-TRIZ e BH-SIT. Atualmente é gerente de projetos em uma Startup na cidade de Belo Horizonte – MG