segunda-feira, 17 de março de 2014

Paulo Blikstein: Educador e Inovador de Primeira Linha

Paulo Blinkstein sintetiza uma visão bem pé no chão de como tratar o problema crônico da educação, e esclarece que a questão é sistêmica e que os problemas e soluções devem usar abordagens para tratar problemas complexos, Para esta tarefa o país precisa de pessoas competentes para encontrar as soluções.
Paulo é um engenheiro formado pela Poli/USP com Doutorado em educação e atualmente é Professor na Stanford University (SU) e diretor do Centro Lemann de Standford. O centro foi criado para criar uma massa crítica de profissionais preparados para tratar soluções para este problema hiper complexo. O perfil desejado que ser formar neste centro são pessoas que dominem os mundos da Inovação, Avaliação e Políticas Públicas.
Entre os vários temas tratados de forma inteligente nas entrevistas, um ponto que eu compartilho e que me deixa por um lado impressionado e deprimido por outro.  Paulo em poucas palavras nos lembra do desastre diário provocado pelo nosso sistema de educação, concebido para a era industrial, tornando-se a principal causa de desperdício de talento humano no país, desmotivando as crianças e jovens a querer aprender sempre. Me questiono é difícil de enxergar? Como deixamos isto acontecer?

O Manhattan Connection fez estas micro entrevistas com Paulo que valem a pena ser assistidas.
Vale a pena também ler a entrevista no Estadão "O Brasil precisa de consenso sobre o que quer na educação"